Central do Cliente
×

VOLTAR
TECNOLOGIA, DESIGN, MARKETING DIGITAL E OUTROS


Blog de Idéias

13/09/2017 - 13:55:00

Os corretores de imóveis não precisam mais das imobiliárias e construtoras

Dimitri Guimarães




O mercado imobiliário digital trabalha muito rápido e estamos sempre em constante competição e adaptação às novas tecnologias, sempre com o conceito de: “se ele tem, eu vou fazer também”.

O velho modelo de colocar seus corretores dentro de uma sala, captando e vendendo seus imóveis, oferecendo um curso de TTI, salas de reunião, comissões na venda, apoio financeiro e jurídico e um website com uma rede de parcerias de anúncios, como grandes portais, facebook, google, jornais, revistas, etc, não garantem mais a fidelidade dos corretores de imóveis. A internet esta trazendo tantas mensagens para a imobiliária que ela não consegue mais controlar seus processos internos, desvalorizando seu profissional.

Hoje o corretor de imóveis pode seguir na linha de frente, contratando um profissional para fazer sua marca na internet e um investimento baixo no google e facebook, com um site básico para promover seu estoque de imóveis. O custo é extremamente ínfimo. Não precisa abrir uma estrutura física, assumir um alto custo fixo, entre outros fatores que antes eram o diferencial no mercado.

Faça uma pesquisa, por exemplo no google, como “Site para Corretores de Imóveis”, e vejam a quantidade de serviços oferecidos para ajudar na divulgação digital. Além disso, você pode contar com a divulgação de seus estoques nos grandes portais, como Zap Imóveis e Viva Real, dentre outros.

Falo agora, pois, estou há 10 anos trabalhando para o mercado Imobiliário na web, montei 2 empresas com foco neste nicho, muitos sites de imobiliárias e corretores, construtoras, sindicatos de imóveis além de consultorias para conselhos de corretores em todo o Brasil. Também participei de alguns programas nesta área e você pode conferir o que falei do Mercado imobiliário em 2015 no Rolé Imobiliário 55 (Veja https://www.youtube.com/watch?v=7MzNvanrIZM).

Mas o que a imobiliária pode fazer para não perder seus corretores? Oferecer os mesmos benefícios de antigamente para os corretores de imóveis não vai colar. *Mandar ficar parado de plantão, colocar o corretor de escala, nunca mais. *

As imobiliárias e construtoras necessitam hoje de um controle maior de seus processos, desde o atendimento inicial, para atrair o cliente, apresentar seus imóveis, conduzir o processo até a fase de fechamento, e atender no pós venda, além de ferramentas para compartilhar informações de forma rápida entre seus corretores. O corretor de imóveis necessita ter acesso a todas as informações da imobiliária de maneira rápida entre os setores administrativos, financeiros, operacionais, etc.

Construtoras e Imobiliárias que desejam se manter no mercado nesse novo cenário, devem pensar, e muito rapidamente, em utilizar um funil de vendas eficiente com seus consumidores e um processo de interação mais rápido, que permita mensurar todos os resultados. Treinamento para cooperar com as mídias sociais da empresa, treinamento em fotografia, filmagem e um entendimento das estratégias digitais no nicho que a empresa se enquadra, além de todos os benefícios que antes a empresa já operava. Repensar a forma e percentual de remuneração ao corretor também é de extrema importância.

Colocar uma fila de corretores captando imóveis em qualquer lugar não vai garantir a excelência e, no máximo, vai entregar um péssimo atendimento aos seus clientes. Hoje o cliente esta na palma da mão. No Whatsapp, no Facebook entre outros, desta forma, fica difícil a imobiliária saber quem esta captando clientes e vendendo seus serviços.
O perfil do cliente de hoje não é daquele que quer passar horas e horas dentro de uma imobiliária vendo fotos de imóveis e conversando. Essa metodologia era utilizada quando somente a imobiliária possuía a informação. O que o cliente de hoje em dia busca é ser bem atendido por profissionais qualificados, que otimizem seu tempo e fechar um bom negócio. Portanto, o corretor não precisa mais das imobiliárias e construtoras, e sim o contrário, pois também já ultrapassamos a época em que os imóveis “se vendiam” sozinhos.

Existem plataformas insinuando que a corretagem de imóveis vai acabar. É um tipo de informação que esta longe de acontecer, pois a profissão é regularizada pelo governo, que favorece sua continuação. Talvez daqui a uns 4 anos o Brasil esteja começando a ficar pronto para isso. Mas ainda vamos cavalgando na tecnologia.

Então, as construtoras e imobiliárias vão se adaptar ao novo mercado ou vamos esperar fidelidade de todos os profissionais ?